NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Governo do RN repassa mais de 6 milhões para projetos em 158 escolas do Estado

O governador do Estado, Robinson Faria, ao lado da Secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa e do Secretário de Gestão de Projetos e de Metas, Vagner Araújo assinam convênio para repasse de recursos do Projeto de Inovação Pedagógica (PIP).
Para a edição de 2017, o valor é de mais de R$ 6 milhões e beneficiará 158 Escolas Estaduais. O evento conta com a presença dos diretores das DIRECs, técnicos e gestores envolvidos no PIP e acontecerá na próxima segunda-feira (29), às 10h, no auditório máster da Escola de Governo.
Os recursos dessa ação estão previstos no segundo componente de atuação do Projeto Governo Cidadão que contempla a melhoria dos serviços públicos. O montante que cada escola irá receber variam entre R$ 30 mil e R$ 45 mil.
O apoio técnico, pedagógico e financeiro a Projetos de Inovação Pedagógica apresentados pelas escolas possibilita o fortalecimento dos processos educacionais e de aprendizagem para os estudantes de 4º, 5º e 6º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio. “Todos os projetos foram produzidos pela própria escola e visam contribuir para resolução de problemáticas e melhoria da aprendizagem através de propostas. Nas unidades escolares contempladas, serão realizados acompanhamentos in loco pelos orientadores do PIP, bem como o monitoramento sistemático (à distância e presencial) durante todo ano letivo” disse a Secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa.
Sobre o PIP
O PIP – Projeto de Inovação Pedagógica é um projeto desenvolvido pela Secretaria de Educação com apoio do Governo Cidadão e acompanhamento do Banco Mundial previsto no acordo de empréstimo.
O processo de escolha das escolas selecionadas se deu através de sorteio na presença Diretores e Técnicos Pedagógicos de cada Diretoria Regional de Educação, representantes do Tribunal de Contas do Estado, representante do Banco Mundial e da Secretaria de Educação e Cultura.
A seleção iniciou com 171 escolas. Dessas, 165 submeteram seus projetos para análise e 158 foram aprovadas, de acordo com os critérios de elegibilidade constantes no Edital de seleção dos Projetos, para receber apoio técnico, pedagógico e financeiro.

* Assis Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.