NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sexta-feira, 13 de julho de 2018

INCOMPETÊNCIA: Terminal Salineiro de Areia Branca é interditado pelo Ibama


Uma ação conjunta envolvendo agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) interditou nesta quinta-feira (12) o Terminal Salineiro de Areia Branca, na Costa Branca do Rio Grande do Norte. A estrutura é responsável por escoar a produção de sal do estado para o mercado brasileiro e o exterior.
A interdição teria sido motivada pelas más condições da estrutura, que opera a 14 quilômetros da costa de Areia Branca. A reportagem do portalnoar.com encontrou em contato com a assessoria de comunicação do Ibama solicitando maiores informações, mas até a publicação desta reportagem ainda não havia recebido resposta.
Em nota, a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) informou que “está concentrando todos os esforços no objetivo de atender as exigências do IBAMA relacionadas ao Terminal Salineiro”. Ainda segundo a Codern, o diretor-presidente da pasta, Fernando Dinoá Medeiros Filho, vai a Brasília buscar um caminho alternativo para viabilizar a liberação do Terminal. A intenção do gestor é firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério do Meio-Ambiente e o Ibama.
A Companhia Docas dispõe de um Plano de Ação para recuperação do Terminal Salineiro de Areia Branca. A Companhia vai apresentar este plano durante o encontro afim de mostrar um caminho viável para a liberação imediata da estrutura.
A Codern é responsável pela gestão do Porto de Natal e pelo Terminal Salineiro de Areia Branca. O Porto-Ilha opera desde 1974 e fica localizado a 330 quilômetros de Natal, no Oceano Atlântico.




* BG via PORTAL NO AR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.