NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Estado investe em plantio de mudas de caju e perfuração de poço em Severiano Melo-RN


Rio Grande do Norte é um dos maiores exportadores de castanha de caju do país, o município de Severiano Melo conquistou status econômico neste cenário como um dos grandes produtores de castanha, porém a seca que persiste fez com que a produção caísse.
Para minimizar os efeitos da falta de recursos hídricos o Governo do RN vem fazendo vários investimentos nas regiões produtoras.
No início deste ano, por exemplo, o executivo comprou 450 mil mudas de cajueiro anão precoce numa tentativa de restaurar a cajucultura no Estado. O investimento foi de 294 mil, as mudas foram plantadas nos municípios de Serra do Mel, Apodi, Caraúbas, Portalegre, Severiano Melo, Cerro Corá, Lagoa Nova e Tenente Laurentino.
“Em Severiano Melo, além do plantio das mudas, o Governo selecionou por meio de edital a Associação do Sítio Floresta e Adjacências com obra de acesso à água. A associação contemplada recebeu o investimento de R$ 337 mil para construção de um poço tubular”, explica Dinart Filho, supervisor da Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas).
“A principal demanda da população é o consumo de água de qualidade. A água que chegava para consumo era água salobra imprópria para o consumo humano”, complementa Julianne Faria – secretária da Sethas.
Com o montante a associação contratou uma empresa para perfurar o poço. A alegria foi geral, uma vez que o poço perfurado a 180 metros de profundidade deu uma vazão de 2.500 litros por hora. O processo de limpeza está a todo vapor para em seguida iniciar a instalação elétrica e implantação dos canos, sem contar que a base da caixa de água foi concluída.
Os recursos de R$ 337 mil são do Governo Cidadão, por meio do Banco Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial e coordenado pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social. “Antes algumas pessoas compram carros pipas de água para o consumo humano, estou há sete anos à frente da associação e com certeza essa é o maior projeto que conseguimos para a comunidade”, afirma João Cândido 56 anos.


* Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.