NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

domingo, 6 de agosto de 2017

Polícia Civil da PB desarticula esquema de roubo e clonagem de veículos

Resultado de imagem para Polícia Civil da PB desarticula esquema de roubo e clonagem de veículos

Todos os presos são naturais do Rio Grande do Norte, mas agiam na Paraíba e em Pernambuco.


O trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital, resultou na desarticulação de um esquema de roubos e clonagens de veículos que atuava na grande João Pessoa, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A ação, que é a quarta fase da Operação Clone, aconteceu durante esta terça-feira (1), com a prisão de três homens e a apreensão de seis veículos, além de outros materiais necessários à prática das fraudes.

O trabalho policial foi iniciado no bairro do José Américo, na Capital, quando a equipe de investigadores abordou Luiz Gustavo de Arruda Filho, conhecido como ‘Rato’, que estava sob posse de dois veículos roubados, além de um carregador de pistola. Em seguida, no bairro do Renascer, em Cabedelo, foi preso um homem que se identificou como ‘Vanderlei Tomazelli’, mas que a Polícia Civil já identificou como Gilmar Luiz Escapin, foragido da penitenciária de Parnamirim (RN). Com ele foram apreendidos três veículos. Já no bairro de Intermares, foi abordado e preso Gilson Gomes da Silva, com o qual os policiais civis encontraram outro veículo roubado.
“Todos os presos são naturais do Rio Grande do Norte, mas agiam na Paraíba e em Pernambuco, de onde também encomendavam os veículos que seriam clonados. Acreditamos que o Gilmar é o pivô do esquema, pois era responsável por fazer efetivar a adulteração dos carros e também era procurado por outras quadrilhas já desarticuladas em outras fases da Operação Clone. Na casa de Gilson ainda foi encontrada uma impressora de corte específico para remarcação de chassis em vidros de carros e computadores com programas desenvolvidos para efetuar as fraudes e outros materiais como solventes e lixas. Já na residência de Luiz Gustavo, também havia motores e cortes de chassis de outros veículos roubados para fazer ‘implantes’ em outros carros. Também apreendemos documentos que podem ser do Detran, cuja autenticidade será confirmada por meio de perícia realizada pelo Instituto de Polícia Científica”, explicou o delegado Tércio Chaves, da DRFVC.


* Blogue Assis Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.