NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Prédio é interditado após deslizamento causado por chuvas que já duram cinco dias em JP

Deslizamento comprometeu estrutura de prédio

O Litoral paraibano tem registrado chuvas há pelo menos cinco dias consecutivos e a previsão é de mais ocorrências. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), os três municípios que receberam mais chuvas no mês de julho são litorâneos.
Cabedelo era o campeão, com 454,3 milímetros acumulados até a publicação desta matéria. João Pessoa aparecia na segunda colocação, com 450,4 milímetros. A Capital era seguida por Alhandra, que havia registrado 419,5 milímetros.
Nesta segunda-feira (31), um condomínio residencial no bairro do Valentina Figueiredo, Zona Sul de João Pessoa, precisou ser interditado pela Defesa Civil após deslizamento de barreira próximo a ele. Segundo o coordenador do órgão, Noé Estrela, a estrutura do edifício foi comprometida.
“O prédio foi construído em área de risco e com esse deslizamento provavelmente vai cair. Já conversamos com a proprietária para que todos os moradores sejam informados de que precisarão se mudar. A área já foi isolada”, disse Noé Estrela, ao Portal Correio.
Apesar desse caso, o coordenador da Defesa Civil avalia que, no geral, os transtornos causados pelas chuvas não têm sido tão graves. “Estamos controlando bem a situação, mesmo com essas chuvas contínuas. Os transtornos mais comuns são pontos de alagamento. Também houve quedas de árvores, devido ao aumento na intensidade dos ventos. Nesse inverno estamos registrando ventos mais fortes”, explicou o coordenador.
A previsão é de mais chuvas para esta segunda (31) e terça-feira (1º). Estudos meteorológicos da Aesa apontam que devem haver precipitações em todo o estado, com temperaturas variando entre 16º C (no Cariri/Curimataú) e 31º C (no Sertão).
Por causa das chuvas recentes, oito reservatórios de água do estado transbordaram, são eles: Araçagi, em Mamanguape; Gramame/Mamuaba, em Gramame; Jangada, em Mamanguape; Marés, em João Pessoa; Olho d'Água, em Mari; Pitombeira, em Mamanguape; São José II, em Monteiro; São Salvador, em Sapé.


* Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.