NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Ex-jogador do Botafogo abastecia Complexo do Alemão de drogas, diz delegado



O ex-jogador do Botafogo Luis André da Silva da Costa, 32, preso na noite de quarta-feira (30) na favela do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro, era o responsável por abastecer o Complexo do Alemão e a comunidade do Jacarezinho de drogas, segundo o delegado Bruno Freitas, titular da 25ª DP (Engenho Novo).

"Ele tinha ligações com o Pezão [chefe do tráfico no Alemão, foragido desde a chegada da UPP ao Complexo, em 2010] e com o Fernandinho Beira-Mar. Esperamos, com a prisão dele, conseguir informações sobre o tráfico do Alemão e do paradeiro do Pezão, que é nosso alvo principal", explicou o delegado, que não acredita que a prisão de um comparsa de Pezão possa causar represálias do tráfico no Alemão.
"Acho improvável, porque o policiamento está reforçado, devido aos últimos acontecimentos [fechamento do comércio e de escolas e um tiroteio antes da corrida Desafio da Paz], na última semana", disse Freitas.
Na delegacia, o suspeito, conhecido como Badinho, negou as acusações e disse nunca ter se envolvido com o tráfico. "Nunca fiz nada e não conheço ninguém. Só vi essas pessoas [Pezão e Beira-Mar] pela televisão", disse.
Contra Badinho, havia um mandado de prisão preventiva de 2006. De acordo com o delegado, o suspeito foi preso enquanto andava pela comunidade. Freitas contou que Badinho tentou fugir correndo, mas não conseguiu.
O suspeito vai responder por tráfico de drogas e pode pegar até 15 anos de prisão. 
Na delegacia, Badinho contou que jogou como atacante nas divisões de base do Botafogo e do Vasco. "Deixei o futebol porque meu empresário morreu e precisei trabalhar. Já fui auxiliar administrativo e, atualmente, trabalhava com mototáxi", disse.

* Márcio Melo via Bol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.