NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sábado, 31 de março de 2018

Marido deixa marca da lâmina de facão nas costas da esposa após ela ir atrás dele em bar e acaba preso

Vítima foi agredida nas costas
por um facão usado pelo marido
 no interior de Roraima
 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um vaqueiro de 32 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (29) às 7h por agredir a esposa, uma cozinheira, de 39, com a lateral da lâmina de um facão. A vítima ficou com uma marca vermelha nas costas devido a força usada golpe, segundo a Polícia Militar.
O caso ocorreu no município de São João da Baliza, Sul de Roraima por volta de 1h da manhã. Após ser agredida, a mulher foi ao Quartel da PM da região denunciar o suspeito e pedir ajuda. O marido disse à polícia que ‘não queria ser importunado no seu momento de lazer’.

De acordo com um sargento da polícia, o esposo se irritou porque a esposa foi até um bar onde ele estava e quebrou garrafas de cerveja, virou uma mesa e o xingou. O local, segundo a PM, é frequentado por prostituas venezuelanas.

Após a confusão, a mulher deixou o local e foi sozinha para outro bar da cidade onde ficou até às 3h, segundo disse um policial.

Depois ela foi para casa pegar seus pertences e, no local, a cozinheira entrou em discussão com o marido, e os dois acabaram em luta corporal.

Conforme o sargento, segundo relato do marido, a esposa se armou com uma faca e tentou golpeá-lo, mas ele teria conseguido desarmá-la e quebrou o obejto.

“Depois disso, ele pegou uma facão e desferiu um golpe nas costas dela, especificamente na região lombar, a marcando com uma ‘tatuagem’ do próprio facão”, contou o policial.

A cozinheira saiu da residência na própria motocicleta. O marido a seguiu também em outra moto. A poucos metros, ele a flagrou com um homem na vicinal 27 do município.

Polícia Militar apreendeu facão usado
pelo marido para agredir a vítima
 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

“O esposo parou o veículo e desferiu quatro golpes com a lateral da lâmina do facão nesse homem, que fugiu pelo matagal. E acertou mais outro no braço da esposa, deixando um hematoma”, conta o policial.

“Ele alegou as agressões por não ter admitido que a mulher o importunasse no seu momento de lazer”, acrescenta o sargento.

O vaqueiro foi levado para a Delegacia de São João da Baliza onde foi autuado em flagrante por lesão corporal. Ele será conduzido à audiência de custódia. O facão usado por ele para agredir a esposa foi apreendido.



* Nosso Paraná via G1 RR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.