NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 28 de março de 2019

Operação combate desvio de recursos e lavagem de dinheiro no RN.


A Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), deflagrou na manhã desta quinta-feira (28), em Natal e Parnamirim, a Operação Tiro.
A ação visa apurar desvio de recursos públicos, dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro com atos ocorridos em 2016 na cidade de Touros, a 85 quilômetros da capital.
De acordo com a PF estão sendo utilizados 40 policiais federais e 7 servidores da Controladoria-Geral da União na operação para cumprimento de sete mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal.
Os fatos remontam há três anos, quando a Prefeitura de Touros recebeu verba de emenda parlamentar no valor aproximado de R$ 270 mil destinada à aquisição de medicamentos, tendo sido, em sequência, sem prévia licitação, celebrado contrato com a empresa investigada. No inquérito foi apontado que mesmo tendo sido feito o pagamento à empresa, não há registros da entrega dos medicamentos.
Afastado o sigilo bancário, as investigações, tomando por base a análise de dados, apontaram que no dia seguinte ao crédito do valor da emenda parlamentar, a prefeitura repassou à empresa investigada cerca de R$ 195 mil. Dias depois, novos repasses ocorreram em favor da mesma empresa, desta vez em valores que, somados, alcançaram mais R$ 61 mil. O rastreamento das operações bancárias possibilitou identificar um dos beneficiários da verba pública desviada.
Segundo a PF, as diligências feitas no estado nesta quinta-feira (28) são para reunir provas dos delitos sob investigação, identificar todos os participantes do esquema criminoso e apontar os beneficiários dos valores desviados.



Fonte: Jair Sampaio via OP9/RN
Foto:PF/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.