NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sob olhares de Felipão, Flu vence o Resende em noite apagada de Fred

Com o técnico da seleção brasileira, Felipe Scolari, presente ao Maracanã, o Fluminense venceu o Resende por 1 a 0 nesta quarta-feira em noite apagada do atacante Fred, que mais uma vez não repetiu as boas atuações do passado. A partida válida pela quinta rodada do Campeonato Carioca teve o gol de Conca para o Tricolor ainda no primeiro tempo. Esta foi a segunda vitória consecutiva da equipe na competição.
Felipão acompanhou a partida no Maracanã ao lado de seu auxiliar Flávio Murtosa, em um dos camarotes do estádio. A dupla participou de reunião da comissão técnica da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) nesta quarta-feira e aproveitou para observar Fred e Diego Cavalieri, que têm feito parte de suas recentes convocação para a seleção brasileira.
O Fluminense volta a campo às 17h do próximo sábado, contra o Bangu, em Moça Bonita, pela sexta rodada do Campeonato Carioca. Já o Resende pega o Boavista em casa no domingo, às 17h.
O Tricolor começou melhor a partida no Maracanã. Com mais presença ofensiva, o Fluminense criava boas oportunidades principalmente pelo lado direito com o lateral Bruno e as boas jogadas do meia Dario Conca. O time comandava o ritmo do jogo, mas o Resende resistia bem às investidas.
O cenário mudaria aos 11min, quando Conca recebeu bom passe de Jean, girou dentro da área e bateu com força em direção à meta do goleiro Mauro. O arqueiro ainda chegou a defender o arremate, mas a bola escapou e acabou entrando no seu canto direito para felicidade da pequena torcida tricolor presente.
Empolgado com o gol, o Fluminense manteve o domínio e um bom volume de jogo até a metade do primeiro tempo. Além de Conca, o volante Jean também se destacava na articulação de jogadas do Fluminense. O destaque negativo era Fred, que mostrava pouca mobilidade e tinha dificuldades ao executar as jogadas de conclusão.
Na segunda metade da etapa inicial, no entanto, o Fluminense reduziu o ritmo de jogo e passou a dar espaço ao Resende. O time visitante até tentava se aproveitar da liberdade em contragolpes, mas mostrava dificuldades na armação dos jogadas.
O segundo tempo começou mais equilibrado, com o Resende tentando ir para cima em busca do empate. O Fluminense também tentava criar, mas era previsível na armação dos lances. 
A tônica da partida foi mantida até o apito final, mesmo com a tentativa de reação do Resende, que não conseguiu criar muitas oportunidades em seu ataque.
* Reprodução Márcio Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.