NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Câmera Residencial Flagra a última Aparição de Raissa Antes de Chegar na Casa do Casal em Pau dos Ferros


Circula nos grupos de WhatsApp um vídeo que mostra a última aparição de Raissa antes de chegar na casa do casal Gilnei e Naiara.

No vídeo, Raissa acompanha o casal com o intuito de pegar umas roupas que seriam doadas pelo casal para a irmã de Raissa que está grávida.

Desde o dia 26.05, data em que Raissa foi vista pela última vez enquanto brincava com outros dois coleguinhas, no bairro Manoel Deodato, a Polícia Civil de Pau dos Ferros passou a monitorar todos os percursos possíveis que Raissa poderia ter feito. Muitas imagens de circuito de câmeras residenciais foram analisadas, num verdadeiro quebra-cabeça para localizar o paradeiro de Raissa. 

O vídeo que circula nos grupos de WhatsApp é apenas um dos que a polícia já possui e mostra Raissa na companhia do casal Gilnei e Naiara, caminhando na rua Lafaiete Diógenes e entrando no beco que dá acesso a rua do casal, na Travessa 25 de Março.
Depois desse momento, a Polícia Civil e o ITEP investigam o que aconteceu na residência do casal e se Raissa foi morta na mesma noite do seu sumiço.
Outro quebra-cabeça que precisou ser montado foi durante a fuga de Gilnei e Naiara. Para encontrar o casal em Natal a população foi fundamental, pois ajudou com informações que nortearam o ponto de partida da fuga a partir do Perímetro Irrigado, na zona rural de Pau dos Ferros até a cidade de Patu, oportunidade que o casal pegou um ônibus e conseguiu chegar em Natal. Já na capital, as forças de segurança trocaram informações sobre o crime, e mais uma vez, a ajuda da população contribuiu para localizar o casal, que agora estar preso e responderá na justiça pelo crime praticado.
Algumas lições desse caso devem ser lembradas e enaltecidas; mantenha os filhos sempre por perto, principalmente quando novinhos, e a sociedade, embora conflitante em certos momentos, quando unida com a polícia consegue ser ainda mais forte, segura e promotora de justiça. 
Dessa forma, o trabalho investigativo ainda deve continuar, pois a prisão do casal é apenas uma etapa do trabalho policial, mas fica a certeza de que não existe crime perfeito quando a sociedade não se cala e ajuda no esclarecimento. Sabendo disso, os legisladores da Constituinte de 1988 escreveram: "a segurança pública, dever do Estado, direito e RESPONSABILIDADE DE TODOS, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.
Participe da segurança pública do seu município, denuncie irregularidades e pessoas foragidas da justiça. Você nem precisa se identificar, por isso participe.


Fonte: Grupo Cidadão 190

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.