NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Com Ronaldinho vaiado, Atlético-MG bate Flu e segue na cola do Corinthians

Ronaldinho teve atuação fraca no Maracanã

* MSN - Na entrada em campo, sobraram aplausos dos dois lados. O mesmo não aconteceu em sua substituição, aos 22 minutos do segundo tempo. No reencontro mais aguardado da rodada, Ronaldinho Gaúcho passou despercebido, deixou o campo vaiado e acabou tendo participação praticamente nula na derrota de 2 a 1 do Fluminense para o Atlético-MG, neste domingo, no Maracanã.

Não foi por isso, claro, que a torcida alvinegra ovacionou o craque em sua saída para a entrada do veterano Magno Alves.
Ronaldinho deixou saudades na Cidade do Galo.
Foram diversos títulos, dentre eles, o da Libertadores de 2013, o mais importante da história do clube mineiro.
Essa trajetória foi toda ela deixada de lado pelo Atlético-MG nesta tarde: com o seu ex-camisa 10 em um dia para ser esquecido, o time comandado por Levir Culpi fez valer o seu domínio em campo e conseguiu evitar que o Corinthians, que bateu a Chapecoense fora de casa, abrisse ainda mais vantagem na briga pelo título.
Giovanni Augusto brilhou na etapa inicial.
O meia foi mais uma vez o principal nome atleticano e acabou sendo o responsável por abrir o placar, aos 22 minutos do primeiro tempo. O argentino Lucas Pratto recebeu na intermediária, protegeu e encontrou Luan na direita. O atacante cruzou na medida para Giovanni cabecear e marcar.
Golaço.
O empate do Flu veio logo na volta do intervalo, no primeiro minuto, em excelente lançamento de Gum, cochilo da zaga alvinegra e finalização de Wellignton Paulista, sozinho, para deixar tudo igual. Pane na defesa dos visitantes.
A virada quase veio em seguida, aos dois minutos, em lance de Gustavo Scarpa para bomba de Jean. Victor surgiu bem.
Mesmo tendo melhorado com a entrada da revelação Gerson, que voltou a campo após a negociação com a Roma, os donos da casa acabaram sendo castigados aos 37 minutos do segundo tempo. Patric e Marcos Rocha fizeram boa trama e tabelaram pela direita dentro da área. Patric ficou com a bola e mandou sem chances para Diego Cavalieri.
A invenção de Levir funcionou.
Cícero ainda acertou o travessão em cabeçada, após cobrança de falta no fim, mas ficou nisso.
Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos 42 pontos, na vice-liderança, quatro atrás do Corinthians, enquanto que o Fluminense deixou o G-4 e despencou para o sexto lugar, com 33.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.