NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Homem tem ataque de fúria e provoca chacina com 5 mortes no interior do PI

Um rapaz é acusado de realizar uma chacina no município de São Miguel do Tapuio (a 227 km de Teresina). Informações de populares é que o crime ocorreu na tarde desta quinta-feira (30). Um rapaz conhecido como "Chiar" teria matado a mulher, que trabalhava como agente de saúde, identificada como Maria Moreira, e mais quatro pessoas.

O morador Cordeiro Lima informou que a chacina ocorreu no povoado Palmeiras de Cima. Entre os mortos está um professor de informática, um comerciante e um líder comunitário.
A Polícia encaminhou o helicóptero do Gtap para o local.
Uma enfermeira, que não quis se identificar, informou que a cidade está em pânico. A informação é que o rapaz num ataque de fúria após matar a mulher a tiros teria ido até a escola assassinar os dois filhos.
O assassino foi identificado como Clewilson Vieira Matias, 35 anos, conhecido como Chiê. A informação foi repassada pelo delegado Laércio Evangelista, titular da delegacia de Castelo do Piauí, que está em São Miguel do Tapuio acompanhando o caso. 
O acusado morava com a esposa e os filhos na localidade Palmeira de Cima, onde aconteceu a chacina. A esposa, que trabalhava como agente de saúde, teria sido morta porque percebeu uma movimentação estranha e tentou impedi-lo. 
De acordo com o delegado, Clewilson Matias guardava armas em casa, como uma espingarda de cano longo para caça e uma pistola .40, de uso restrito da polícia.  
Após matar a esposa ele cometeu mais quatro assassinatos. Entre as vítimas um adolescente de 14 anos. "A população está revoltada porque ele vivia ameaçando, criando confusão. Ele é traficante e dependente químico", afirma Laércio Evangelista. 
Os corpos ainda estão na localidade, onde está sendo aguardada a chegada da perícia e do Instituto Médico Legal (IML). 
A polícia continua as buscas para prender o homem identificado como Chiê, que matou cinco pessoas no Assentamento Saco do Juazeiro, na localidade Palmeira de Cima, em São Miguel do Tapuio. Os crimes aconteceram na tarde desta quinta-feira (30). 
O Cidadeverde.com conversou com um morador, que pediu para não ser identificado. Ele contou que a chacina foi iniciada na casa da agente de saúde Maria Moreira, esposa do assassino. 
De lá ele seguiu para a casa do líder comunitário Jovêncio que foi morto junto com um neto, ainda não identificado. A próxima vítima do atirador foi o comerciante Cláudio. No bar, ele teria tentado matar ainda o irmão do comerciante, Claudionor. 
A última vítima foi o professor Roberto Brito Bastos, que morreu a cerca de 100 metros da escola Raimundo Marcelino de Sousa Segundo, onde ele lecionava a disciplina de informática. 
Na escola estavam funcionários que foram avisados pelo vigia de que o assassino estaria seguindo para lá. "Os funcionários pegaram os alunos trancaram nas salas e quando souberam que o Chiê tinha ido embora, eles liberaram os alunos e fecharam  tudo". 
O casal tinha dois filhos, sendo que um deles estava na escola no momento da chacina. Os moradores não sabem os motivo que levaram o homem a praticar os assassinatos.   
O morador disse ainda que Chiê era um traficante de drogas conhecido na região e que já tinha várias passagens pela polícia. Depois de atingir o professor Roberto Brito, ele teria fugido em direção a cidade de São Miguel do Tapuio. 
O delegado titular de Castelo do Piauí, Láercio Evangelista, disse que está em deslocamento para a cidade de São Miguel do Tapuio e confirmou duas mortes. "A informação que tenho é que o rapaz teve um surto psicótico, invadiu uma escola e teria atirado em dois professores". O delegado disse ainda que podem ter mais vítimas. 
Flash Yala Sena
Redação Sana Moraes 
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.