NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

MUDANÇAS !!! Derrotado em Pau dos Ferros, Getúlio assume: “Eleitor não obedece mais às lideranças”

76i6i3e333
O deputado estadual reeleito, Getúlio Rêgo (DEM), estava confiante no poder dele como liderança política e prometeu a Henrique Eduardo Alves (PMDB) a vitória dele em Pau dos Ferros. A derrota do peemedebista no primeiro e no segundo turno no município, porém, parece que fez o democrata repensar a situação. Agora, Getúlio já afirma que o eleitor está mais autônomo e não se deixa influenciar tanto como ocorria anteriormente.
“A eleição de 2014 foi diferente. A população não se pauta mais por lideranças políticas”, afirmou Getúlio Rêgo, reeleito para o 9º mandato na Assembleia Legislativa. Para o democrata, os políticos hoje não podem mais “se arvorar” como proprietários de voto. “O que se viu foi uma total autonomia do eleitor”, observou.
Getúlio Rêgo é uma prova dessa situação de autonomia do eleitor. Após declarar apoio a Henrique, em meio à polêmica união de “adversários em Pau dos Ferros”, o democrata trabalhou ao lado do filho, o ex-prefeito da cidade, Leonardo Rêgo, e do atual chefe do Executivo, Fabrício Torquato. Mesmo assim, no primeiro turno, o peemedebista perdeu para Robinson Faria (PSD) por uma diferença de cerca de 200 votos.
A situação mexeu com o “brio” de Getúlio Rêgo – e de Leonardo também – e a situação ficou ainda mais grave com o anúncio de Fabrício Torquato de que apoiaria Robinson. “Henrique vai dar uma lapada em Robinson em Pau dos Ferros”, afirmou Getúlio Rêgo, avisando que iria redobrar os esforços para garantir uma vitória expressiva do peemedebista na cidade.
O que aconteceu, no entanto, é a prova da autonomia do eleitor – ou, como Robinson afirmou, do “voto livre”. O candidato apoiado por Getúlio, por Leonardo e pelo lado peemedebista caiu de 5,7 mil votos, para pouco mais de 5 mil. Robinson, por sua vez, subiu de 5,9 mil, para 9,4 votos.
Líder de Rosalba, Rêgo reconhece descontrole no Governo: “Henrique livrou-se de grande problema”
Reconhecer que as lideranças políticas não influenciam mais “tanto assim” os votos dos eleitores não foi o único reconhecimento importante feito pelo deputado Getúlio Rêgo em contato com O Jornal de Hoje. O parlamentar afirmou, também, que a atual gestão estadual gasta mais do que arrecada e, por isso, não consegue honrar com seus principais compromissos, como o pagamento dos servidores. Detalhe: Getúlio Rêgo é o líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa e o principal defensor de Rosalba Ciarlini (DEM) nos últimos três anos e 10 meses de gestão.
“O Rio Grande do Norte está sem condições de pagar o funcionalismo porque gasta mais do que arrecada”, constatou Getúlio Rêgo, afirmando que, particularmente, espera que o futuro governador Robinson Faria nomeie uma boa equipe e seja bem sucedido, já que no seu entendimento o cenário real não é bom.
Por isso, inclusive, Getúlio Rêgo deu a entender que foi melhor assim, ao falar da derrota de Henrique e das dificuldades que o peemedebista teria ao gerir o Rio Grande do Norte. “Entendo que Henrique Eduardo livrou-se de um grande problema”, afirmou Getúlio Rêgo e ainda ironizou: “Quero ver Mineiro pedindo aumento para os professores a partir do próximo ano”.
A declaração, claro, se referiu ao deputado Fernando Mineiro, do Partido dos Trabalhadores, que durante o Governo Rosalba Ciarlini cobrou o aumento do salário dos professores e, agora, será aliado da gestão Robinson Faria, tendo que, em tese, manter a postura de cobrança e exigir melhorias para a Educação, mesmo ciente da crise financeira da gestão estadual.
A crise essa, inclusive, só seria amenizada se for firmado um “pacto político” pela governabilidade estadual. Só assim, segundo Getúlio Rêgo, será “gerada a governabilidade”.
Joaquim Pinheiro e Ciro Marques
Repórteres de Política
* Via Portal JH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.