NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sábado, 28 de julho de 2018

Governo quer cortar R$ 20 bilhões em benefícios irregulares

O governo federal espera cortar R$ 20 bilhões em auxílios-doença e aposentadorias por invalidez irregulares até o final de 2020. Desde 2016, vários benefícios assistenciais que apresentam problemas cadastrais estão sendo revisados, após a criação de um comitê interministerial encarregado de reduzir o desperdício de recursos na área social. Nos últimos dois anos, R$ 9,6 bilhões foram economizados, mas ainda há um potencial bilionário para mais cortes.
O número expressivo demonstra o quadro de abandono a que chegou o gerenciamento das políticas de assistência social. Há casos de pessoas que recebiam benefícios há mais de 10 anos, mesmo estando aptos a trabalhar. O Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) realizou quase 800 mil perícias desde 2016, cancelando 552,9 mil auxílios-doença e 1 milhão de aposentadorias por invalidez. O ministro da pasta, Alberto Beltrame, em entrevista ao Correio, afirmou que houve um “desinchaço” destes programas .
As irregularidades também se estendem a outros programas do governo, como o Bolsa Família, o seguro-defeso e os benefícios de prestação continuada (BPC). Neles, o governo identificou desperdícios de quase R$ 5 bilhões de 2016 até este ano.


* Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.