NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

segunda-feira, 28 de maio de 2012

BRASIL: Cresce o número de pessoas solitárias no Brasil


Uma das principais economias do mundo emergente, o Brasil também desponta na proporção de pessoas morando sozinhas entre os países em desenvolvimento, tendência já verificada em nações ricas.

Atualmente, segundo o Censo 2010, divulgado pelo IBGE, quase 7 milhões de lares brasileiros possuem apenas um único ocupante, número a equivalente a 12,2% do total de domicílios ou a 3,7% da população brasileira. A taxa é maior do que a da China (7%) e a da Índia (3%), apontam dados da consultoria americana Euromonitor, que situa o Brasil com 10,3% do total de domicílios habitados por apenas uma pessoa. A proporção é levemente inferior à do IBGE (12,2%) por diferenças metodológicas. No entanto, as duas pesquisas confirmam a tendência de aumento.

Comparado ao Censo de 2000, por exemplo, quando o número de "solitários" totalizava 4,1 milhões (ou 9,1% do total de domicílios), houve aumento de 71%. Já em relação aos dados de 1991, o crescimento é ainda maior, de 185%.

"O crescimento no número de pessoas que escolheu morar só pode ser explicado por uma série de fatores, como o aumento da expectativa de vida, que passou de 48 anos, em 1950, para 73 anos, em 2010", afirmou José Eustáquio Diniz, demógrafo do Ence-IBGE. 

Atualmente, a maior parte dos domicílios unipessoais no Brasil continua sendo ocupada por pessoas acima de 60 anos (38,6%). "Mas não se pode descartar outros fatores, como independência financeira dos jovens e, sobretudo, a emancipação da mulher", acrescentou Diniz.
 
Fonte: extraído de Glaucia Lima via Eduardo Silva via Taboleiro Grande News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.