NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

terça-feira, 15 de maio de 2012

ROSALBA AINDA NEGOCIA INDICAÇÕES DO PRIMEIRO TIME

 


 

O silêncio impera no governo. Apesar de já ter anunciado que fará a primeira reforma administrativa da sua gestão, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) evita falar em nomes. No entanto, nos corredores da Governadoria não se fala em outra coisa que não sejam os futuros auxiliares da democrata. Os convites já começaram a ser feitos. Alguns, aceitos. Outros, recusados. E ainda há caso que não depende do provável futuro titular. A novela envolve vários núcleos.
Para o Gabinete Civil, deverá ser confirmado o nome do ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM), marido da governadora. O atual titular da pasta, Anselmo Carvalho, deverá ficar como adjunto. O nome de Carlos Augusto foi unanimidade no conselho político do governo. No entendimento dos aliados de Rosalba, o Gabinete Civil precisa de alguém com capacidade de articulação política, característica vista no marido da gestora.
A Saúde é a pasta problema da atual administração. Em crise, com médicos e servidores em greve, a área será um desafio e tanto parao próximo gestor. Informações extraoficiais dão conta de que pelo menos quatro convites já foram recusados. O médico Luiz Roberto Fonseca, atual coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é cotado para ocupar a vaga deixada por Domício Arruda.
Para o Turismo, comentam-se dois nomes. O primeiro é do atual secretário estadual de Planejamento Obery Rodrigues, que poderia ser remanejado de função. O segundo é o do ex-secretário de Turismo de Natal, Soares Júnior. Como o engenheiro Jaime Mariz não aceitou deixar o Ministério da Previdência para assumir o Planejamento do governo Rosalba, Obery deverá permanecer no mesmo cargo, deixando mais forte o nome de Soares para o cargo.
Outro gargalo do governo é a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc). Sem titular há mais de um mês, com a saída do advogado Fábio Hollanda, a secretaria passa por problemas sérios. A governadora espera nomear o promotor José Augusto Peres para o cargo, mas precisa do crivo do conselho do Ministério Público Estadual (MPE). Peres acha que dificilmente será liberado. Mas, Rosalba ainda não desistiu. Ela terá uma conversa com o procurador-geral de Justiça do RN, Manoel Onofre Neto.


Fonte: Diário de Natal
Por MMelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.