NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

domingo, 28 de abril de 2013

Botafogo mata jogo no 1º tempo, goleia Resende e vai à final da Taça Rio

Botafogo5x0Resende
Sem nenhuma dificuldade, o Botafogo goleou o Resende por 5 a 0 na noite deste sábado, no Raulino de Oliveira, e conquistou sua vaga na decisão da Taça Rio. Com a vantagem do empate, o Alvinegro já vencia a semifinal por 3 a 0 ao final do primeiro tempo. O adversário ainda teve um pênalti a seu favor na etapa inicial, mas Jefferson defendeu e evitou qualquer tipo de perigo.
O Botafogo está a apenas um empate de ser campeão carioca. O Alvinegro tem a vantagem da igualdade na final da Taça Rio e, como já venceu a Taça Guanabara, pode ser campeão de forma direta já no próximo fim de semana. Na decisão, o time enfrentará o vencedor da outra semifinal, entre Volta Redonda e Fluminense.

A semifinal em Volta Redonda começou com o Resende querendo surpreender o Botafogo. Com a marcação adiantada, o time trouxe algumas dificuldades ao Alvinegro logo no início da partida. Mas o time de General Severiano logo tomou as rédeas do confronto.
Aos 6min, Fellype Gabriel cruzou da esquerda e Seedorf arriscou um belo voleio, mas a bola foi para fora. Pouco depois, foi a vez do camisa 10 servir Rafael Marques com um passe espetacular, mas o atacante se atrapalhou após driblar o goleiro Mauro.
O Alvinegro abriria o placar pouco depois. Aos 12min, Lodeiro cruzou da esquerda, Dudu resvalou de cabeça e Dória completou para o fundo da rede de canela. O gol deu mais tranquilidade ao Botafogo, que aumentou ainda mais seu domínio.
Quatro minutos mais tarde, Lodeiro optou pela jogada individual. O uruguaio recebeu na esquerda, cortou Léo Silva, invadiu a área e mandou chute certeiro no canto direito do goleiro Mauro, que não conseguiu impedir o segundo gol alvinegro.
O Resende pouco conseguia na partida. No início do jogo, a equipe teve um contragolpe perigoso, mas sem grandes consequências. Apenas aos 23min Jefferson foi mais exigido. E foi de forma intensa: o goleiro defendeu pênalti cobrado por Elias.
Autor da penalidade num lance desnecessário na entrada da área, o meia Fellype Gabriel se recuperaria do erro pouco depois. Aos 25min, o apoiador aumentou a vantagem alvinegra com gol de cabeça e praticamente definiu a classificação para a decisão da Taça Rio.


Após o terceiro gol, a partida diminuiu de ritmo e pouco aconteceu até o intervalo. Apenas no segundo tempo os lances de perigo retornaram. Aos 3min, o Resende chegou bem e forçou Jefferson a realizar boa defesa em chute de Hiroshi.

Mas a reação do time do Sul Fluminense ficou apenas na ameaça. Aos 8min, Rafael Marques recebeu passe de calcanhar de Lodeiro e chutou da entrada da área, sem defesa para o goleiro Mauro. Era o quarto gol da equipe de General Severiano.

Após o gol, o Alvinegro segui jogando no campo do adversário, mas sem tanta intensidade. O time já administrava o resultado quando Seedorf aproveitou rebote de Mauro e ampliou ainda mais o marcador para o Botafogo, aos 37min. Com moral, o time ouviu os aplausos da torcida até o apito final de Pericles Bassols.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.