NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

terça-feira, 30 de julho de 2013

Bando formado por 30 homens sitia Baturité e explode banco no Ceará

Um bando fortemente armado, formado por, pelo menos 30 pessoas, explodiu a agência do Banco do Brasil (BB), localizada no Centro desta cidade (93Km de Fortaleza)), defronte à Praça de Santa Luzia. Antes do ataque ao banco, os bandidos renderam os policiais do posto do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), na CE-354; da 2ª Companhia do 4ºBPM; da Cadeia Pública e da Delegacia Regional de Polícia Civil. A ação criminosa começou por volta de 3 horas.
Policial militar observa o que restou da agência bancária após a explosão dos artefatos. Os moradores próximos do banco relataram para a Imprensa os momentos de pânico vividos durante toda a madrugada de ontem Fotos: alex costa. No posto do BPRE, os policiais ficaram amarrados. Na Rua Madre Pierini, bairro Lages, onde fica o quartel da 2ª Companhia do 4ºBPM, os assaltantes deixaram dois carros roubados atravessados na via e atearam fogo. Os veículos eram um Corsa Classic (táxi) e um Palio Weekend, ambos tomados de assalto na Capital. Os moradores saíram correndo de casa, com medo que o fogo se alastrasse até os imóveis. Os militares ficaram sitiados dentro do quartel da Companhia, sem condições de reação visto que as armas do marginais, de canos longos, eram de grosso calibre. Duas mulheres foram vistas entregando carregadores novos e recarregando aqueles que se esvaziavam.

Organizados

Três homens foram vistos arrombando a agência bancária e em seguida, violando os caixas eletrônicos e dinamitando o cofre-forte. O trio usava camisas camufladas, como se fosse fardamento militar. A cena se repetiu em Baturité a exemplo do que já aconteceu em outras cidades do Interior do Ceará nos últimos meses. Os criminosos usam uma grande carga explosiva que destrói não apenas os caixas eletrônicos, mas danifica todo o prédio. Eles colocaram o dinheiro em três sacos plásticos pretos e saíram às pressas do imóvel onde funciona o banco. Segundo depois, foram ouvidas as explosões que quase colocaram abaixo a estrutura do prédio.

A força das explosões foi tão grande que pedaços grandes da parede lateral, que fica na Rua 15 de Novembro, foram jogados a mais de metros de distância, caindo no estacionamento da igreja de Santa Luzia. Os pedaços de concreto atingiram a carroceria do caminhão Mercedes-Benz de placas NUY-6207, que estava estacionado. Dois veículos roubados em Fortaleza foram incendiados pelos assaltantes na porta do Quartel da Companhia da Polícia Militar para impedir a passagem das viaturas. A atitude revela a ousadia e a violência dos criminosos durante o assalto

Pânico

As explosões e o tiroteio deixaram a população desta cidade em pânico. Eles contaram que o tiroteio durou cerca de uma hora, sem que ninguém pudesse fazer nada. A maioria dos habitantes disse que ouviu o barulho das explosões e dos tiros, mas ficou dentro de casa. Quase todos imaginaram que se tratava de uma ataque à agência do BB.

Por volta de 10 horas, o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Romério Moreira de Almeida, chegou à cidade, onde visitou os pontos atacados pelos assaltantes. Depois, o delegado foi ao que restou na agência bancária e conversou com o gerente. O valor levado não foi revelado.
* Márcio Melo via Eduardo Dantas/Diario do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.