NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 29 de março de 2012

Operação conjunta prende 118 por crimes ambientais


Polícia Rodoviária federal Agentes realizaram prisões durante o combate aos crimes ambientais no estados do RN, PB e PE

Durante a última semana, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nos Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco a II Operação Temática de Combate aos Crimes Ambientais (OTECCA), que teve por objetivo transmitir conhecimentos e uniformizar procedimentos relativos ao combate aos crimes ambientais.
A operação contou com dois dias de parte teórica, com instrutores da própria PRF, e o restante de prática, com 40 policiais rodoviários federais se revezando nos 3 Estados.
Durante a operação foi estourado um clube de rinha de canários em Recife/PE e apreendidos 262 canários da terra; dois galos de campina e um papa-capim, aves silvestres nativas da fauna brasileira. A ação contou com o apoio do Ibama e do Ministério Público Estadual de Pernambuco. Foram lavrados 78 autos de infrações, totalizando mais de R$ 15 milhões em valores de multas.
O clube cobrava ingressos de R$ 5,00 para sócios e R$ 10,00 para não sócios. Foram 75 detidos e conduzidos a delegacias de Polícia Civil para lavratura de Termos Circunstanciados De Ocorrências (TCO).
Já em Santa Rita/PB, região metropolitana de João Pessoa, foi abordada uma rinha de galos que resultou na detenção de 10 pessoas e na apreensão de 15 galos que seriam usados em apostas. Entre os suspeitos de participação estão três policiais militares e um procurador de Justiça. O grupo foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil para prestar depoimento. Conforme o Ibama, os galos encontrados nas brigas passarão por uma avaliação veterinária e os mais debilitados poderão ser sacrificados.
Ainda na Paraíba, em Lagoa Seca, foram apreendidos em um comércio na área urbana, aproximadamente, 700 sacos de carvão vegetal feito de espécies nativas da caatinga. O proprietário não tinha nenhuma documentação do carvão nem autorização dos bombeiros para funcionar. Agentes do Ibama compareceram ao local e lacraram o comércio apreendendo 100m³ de carvão.
Em Natal/RN, foi abordada a Feira Livre de Nova Natal, onde foram detidas 10 pessoas que comercializavam pássaros silvestres. No total foram apreendidos 52 pássaros de várias espécies, entre elas, o pintassilgo que está ameaçado de extinção. Foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência pela própria PRF e o auto de infração pelo Ibama. A multa é de R$ 500,00 por animal e R$ 5.000,00 se estiver na lista de extinção.
Em Assu/RN, durante operação conjunta com o Ibama foram abordadas várias madeireiras que se encontravam com pendências em relação à movimentação do DOF (Documento de Origem Florestal). Este documento é necessário para toda movimentação da madeira, desde a extração até o consumidor final. Foram apreendidos mais de 200m³ de madeira serrada irregular.


 
Fonte:Gazeta do Oeste
Por Márcio Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.