NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

quinta-feira, 22 de março de 2012

Usinas vão produzir plástico biodegradável feito da cana



Dois tradicionais grupos do setor sucroalcooleiro do interior paulista se preparam para produzir em escala industrial o primeiro plástico biodegradável feito a partir da cana-de-açúcar do Brasil.
Para entrar no mercado com a novidade, a Pedra Agroindustrial e o Grupo Balbo criaram a PHB Industrial e negociam uma aliança estratégica com um parceiro que terá a missão de distribuir 10 mil toneladas do novo plástico que se decompõe no ambiente a partir de 2015.
Hoje, uma unidade-piloto na Usina da Pedra, em Serrana (313 km de SP), produz cinco toneladas que são consumidas em experimentos.
Batizado de Biocycle, o plástico pode ser usado na fabricação de peças rígidas como painéis de carros, materiais esportivos ou agrícolas e descartáveis como canetas e cartões, segundo Eduardo Brondi, gerente administrativo da PHB Industrial.
A empresa até começou a comercializar um conjunto de escovas de cabelo e pentes --com a marca ProArt Eco--, mas em pequena escala.
O tempo de decomposição do Biocycle é a partir de 180 dias em estações de compostagem, mas isso depende da espessura do objeto.

Produtos de plástico biodegradável como matéria prima
               Produtos de plástico biodegradável como matéria prima

Segundo Brondi, o primeiro plástico biodegradável de cana do Brasil, no entanto, não é apropriado para fabricação de sacolinhas ou produtos de espessuras mais finas devido às suas características físico-químicas.
A cana já serve de matéria-prima na produção de um plástico usado em sacolas retornáveis de supermercado, por exemplo.
"A diferença é que essas sacolas não são um produto biodegradável", afirma Jairo Menesis Balbo, diretor do Grupo Balbo.
Os dois grupos canavieiros não divulgam o valor investido até agora nas pesquisas que viabilizaram o plástico biodegradável de cana nem o nome do parceiro estratégico com quem negociam.


Fonte: Folha.Com
Por Márcio Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.