NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Fluminense bate Goiás, sai na frente por vaga nas oitavas e esfria crise

O Fluminense eliminou os últimos vestígios de sua crise com a segunda vitória consecutiva na noite desta quinta-feira, quando bateu o Goiás por 2 a 1, pela Copa Sul-Americana, no Maracanã. Antes da sequência, o Tricolor havia ficado quatro partidas sem vencer, sendo três delas pelo Campeonato Brasileiro e uma pela Copa do Brasil, na eliminação traumática para o América-RN.

Com o resultado, o clube das Laranjeiras se aproxima da vagas nas oitavas de final, já que poderá empatar por qualquer placar e ainda se classificar no jogo de volta, no dia 3 de setembro, em Goiânia. Já o Goiás sofreu sua sexta derrota seguida e segue em péssimo momento na temporada.

Fases do jogo

O jogo começou muito morno no Maracanã. Fluminense e Goiás tinham dificuldades na troca de passes até mesmo pela forte marcação exercida por ambos. Os primeiros vinte minutos de jogo tiveram como destaque a falta de objetividade das duas equipes, que não encontravam caminhos no ataque.

O Fluminense, no entanto, começou a crescer daí em diante e até mesmo conseguiu boa jogada com Rafael Sóbis, aos 21min, em bola cortada pela zaga do Goiás. O gol tricolor sairia pouco depois, aos 28min, com Edson se esticando para completar com o pé o cruzamento à meia altura de Conca, vindo da direita do ataque.

Cinco minutos depois, Edson ampliou, desta vez de cabeça. O volante mostrou eficiência no jogo aéreo ao subir mais que a zaga em cobrança de escanteio de Rafael Sóbis. Antes disso, porém, o Goiás chegou a colocar uma bola na trave de Kléver, com Esquerdinha. O travessão ajudaria o goleiro mais uma vez aos 40min, em  chute de Erik, último grande momento do primeiro tempo.

O segundo tempo começou com a expectativa de maior tranquilidade para o Fluminense. O Goiás, no entanto, cresceu no jogo com a expulsão de Kléver, que derrubou Erik fora da área quando o atacante entrava sozinho, aos 14min da etapa final.

O Fluminense, porém, conseguiria segurar bem o ímpeto do Goiás, que não conseguiu pressionar como queria na segunda etapa. O lance de maior susto aconteceu aos 41min, quando Valmir Lucas cabeceou e Felipe Garcia teve de fazer defesa espetacular para salvar o Tricolor. Os visitantes se empolgaram com o lance e conseguiram descontar com Erik, aos 48min, num dos últimos lances da partida. 

O melhor: Edson – mostrou eficiência nas bolas cruzadas na área do Goiás e foi decisivo na vitória do Fluminense com dois gols ainda no primeiro tempo. Além disso, colocou uma dúvida na cabeça de Cristóvão ao mais uma vez ir bem no lugar de Valencia.

O pior: Kléver - o goleiro vinha tendo atuação regular na partida, mas acabou prejudicando a equipe ao ser expulso com uma falta cometida sobre Esquerdinha no começo da segunda etapa, fora da área. A expulsão permitiu que o Fluminense fosse pressionado na etapa final e sofresse até mesmo um gol nos últimos minutos.

Chave do jogo: Os dois gols de Edson no primeiro tempo, separados por apenas cinco minutos. O Fluminense vivia dificuldades na partida e já começava a ser vaiado quando o volante abriu o placar e ampliou, pouco depois.

Para lembrar:

Poupados – O zagueiro Henrique e o lateral esquerdo Carlinhos foram poupados pelo técnico Cristóvão Borges. Titular absoluto, o primeiro entrou apenas no segundo tempo. Além deles, o treinador não pode contar com Valencia, lesionado, e Diego Cavalieri, com uma gastroenterite. Ambos foram desfalques também na vitória por 4 a 0 sobre o Sport, no domingo.

Flu com um a menos - O Tricolor jogou grande parte do segundo tempo com um a menos, já que Kléver foi expulso aos 14min da etapa final. Na ocasião, Cristóvão optou por tirar Rafael Sóbis para a entrada do substituto Felipe Garcia no gol.

FLUMINENSE 2 X 1 GOIÁS

Data/hora: 28/08/2014, às 18h00 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Enrique Cáceres Villafane (Paraguai)
Auxiliares: Rodney Aquino e Milciades Saldivar
Público: 6.314 pagantes / 7.060 presentes
Renda: R$ 112.760,00 
Cartões Amarelos: Esquerdinha, Thiago Mendes (GOI); Marlon (FLU)
Cartão Vermelho: Kléver (FLU)
Gols: Edson, aos 28min e 33min do primeiro tempo, para o Fluminense; Erik, aos 48min do segundo tempo, para o Goiás

Fluminense
Kléver; Bruno, Marlon, Elivélton e Chiquinho; Edson, Jean, Cícero (Wagner) e Conca; Rafael Sóbis (Felipe) e Fred (Henrique)
Técnico: Cristóvão Borges

Goiás
Renan; Moisés (Murilo Henrique), Jackson, Felipe Macedo e Léo Veloso (Assuério); Valmir Lucas, David, Thiago Mendes, Tiago Real e Esquerdinha; Erik
Técnico: Ricardo Drubscky

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.