NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Pato marca, mas Baier e Silvinho infernizam, e Criciúma vence São Paulo

Criciúma bate São Paulo por 2 a 1

O São Paulo poupou três dos quatro atletas do seu estrelado ataque para enfrentar o Criciúma nesta quinta-feira. O time catarinense, por sua vez, mandou dois de seus homens mais perigosos para o campo. No fim, melhor para a equipe do Sul. Com boas atuações de Paulo Baier e Silvinho, os mandantes superaram o adversário paulista por 2 a 1 no Heriberto Hulse, no jogo de ida da fase brasileira da Copa Sul-Americana.

Silvinho e Lucca, ainda no primeiro tempo, marcaram os dois gols do Criciúma na partida. Alexandre Pato, a estrela remanescente do ataque são-paulino, fez o único do time de Muricy Ramalho. A partida de volta acontecerá na próxima quinta-feira (4/9), no Morumbi. Os catarinenses têm a vantagem do empate, enquanto o clube tricolor terá que vencer por 1 a 0 ou por pelo menos dois gols de diferença. Um 2 a 1 a favor do São Paulo leva a partida para os pênaltis.
Para o confronto, o São Paulo não contou com cinco jogadores considerados titulares: Rafael Toloi, Kaká, Paulo Henrique Ganso, Denilson e Alan Kardec. Lucão, Hudson, Michel Bastos - estreando como titular - Maicon e Ademilson ganharam chances como titulares. Do lado do Criciúma, apenas três atletas que enfrentaram o Flamengo no último fim de semana entraram em campo: O volante João Vitor, o meia Paulo Baier e o atacante Silvinho. E foi justamente o último que abriu o placar na partida.
Logo aos 15 minutos, após lançamento, o atacante, que teve apagada passagem pelo São Paulo em 2013, aproveitou falha de Lucão para invadir a área e chutar no canto direito do goleiro Rogério Ceni. O gol só dificultou ainda mais para o São Paulo, que detinha mais posse de bola, mas era inoperante no ataque. Até aos 27 minutos.
Depois da roubada de bola no meio, Michel Bastos foi acionado na esquerda e cruzou rasteiro. Na segunda trave, em velocidade, Alexandre Pato chegou para dar um tapa na bola e empatar a partida. Foi o nono gol do camisa 11 na temporada.
O time paulista ensaiou uma pressão maior no Criciúma, com as melhores jogadas saindo dos pés de Michel bastos. Do outro lado, Paulo Baier comandava as ações do time catarinenses. E, depois de ter um gol de calcanhar anulado corretamente pela arbitragem, o veterano foi decisivo mais uma vez.
Aos 43 minutos, dentro da área, o meia recebeu de Silvinho na direita. Mesmo acossado por Lucão, Baier conseguiu rolar para Lucca dominar e chutar cruzado para fazer 2 a 1 e deixar os mandantes novamente na frente do placar.
No segundo tempo, o Criciúma continuou mais perigoso que o São Paulo. Com chutes de média distância e em jogadas de bola parada, a equipe criou muito perigo para a meta defendida por Ceni. No principal lance, logo aos sete minutos, Serginho, livre dentro da grande área, cabeceou e viu a bola explodir na trave.
O único lance de perigo da equipe paulista veio aos 27 minutos - e novamente com Pato como protagonista. Álvaro Pereira fez ótimo cruzamento da esquerda para o atacante cabecear. A bola passou rente à trave esquerda do goleiro Bruno.
Neste fim de semana, as duas equipes entram em campo pelo Campeonato Brasileiro. O Criciúma viaja até recife para enfrentar o Sport Recife às 16h, no domingo. No mesmo dia e horário, o São Paulo enfrenta o Figueirense no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 28 de agosto de 2014, quinta-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)
Assistentes: Sergio Román (CHI) e Juan Maturana (CHI)
Cartões amarelos: Lucca, Ronaldo Alves (Criciúma); Lucão, Hudson (São Paulo)
Gols: CRICIÚMA: Silvinho, aos 15, e Lucca, aos 42 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Alexandre Pato, aos 26 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lucão, Edson Silva e Álvaro Pereira; Souza, Hudson, Maicon (Boschilia) e Michel Bastos; Ademilson (Ewandro) e Alexandre Pato
Técnico: Muricy Ramalho

CRICIÚMA: Bruno; Luis Felipe; Alcides, Ronaldo Alves e Giovanni; Serginho, João Vitor, Wellington Bruno (Rafael Costa) e Paulo Baier (Michael); Silvinho (Maurinho) e Lucca
Técnico: Wilson Vaterkemper (interino)

Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.