NOSSO BLOG

NOSSO BLOG

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Sandy afunda veleiro e deixa uma morta; capitão segue desaparecido


Passagem do furacão causou naufrágio na costa da Carolina do Norte.
Dos 16 tripulantes, 14 foram resgatados com vida; corpo foi achado boiando.



Navio afundou na costa da Carolina do Norte (Foto: AP/Petty Officer 2nd Class Tim Kuklewski/Guarda Costeira dos EUA)
Navio afundou na costa da Carolina do Norte (Foto: AP/Petty Officer 2nd Class Tim Kuklewski/Guarda Costeira dos EUA)

Quatorze dos 16 tripulantes de um veleiro naufragado na costa da Carolina do Norte, no sudeste dos EUA, foram resgatados nesta segunda-feira (29), segundo a Guarda Costeira dos Estados Unidos, que nesta terça (30) seguia procurando duas pessoas desaparecidas.
Os 14 marinheiros foram socorridos por dois helicópteros Jayhawk. Um avião Hércules C-130, apoiado por um terceiro helicóptero, continuou no local para buscar os dois membros da tripulação que continuavam desaparecidos.
A embarcação foi construída originalmente para o filme "O grande motim", de 1962, que tinha o ator Marlon Brando como protagonista. Apareceu em diversos outros filmes de Hollywood ao longo dos anos, incluindo um da série "Piratas do Caribe".
Horas depois, o corpo de uma mulher que integrava a tripulação, Claudene Christian, foi achado boiando já aparentemente sem vida. Ela foi declarada morta após ser levada a um hospital da costa, disse um membro da Guarda Costeira.
A única pessoa que se encontra desaparecida é o capitão da embarcação, Robin Walbridge. A regra comum durante naufrágios é que o capitão seja o último a abandonar o navio. No domingo (28), Walbridge havia escrito na página do veleiro no Facebook: "Acho que vamos ficar nisso por vários dias. Vamos continuar tentando ir mais rápido." A estratégia anterior era navegar ao redor do trajeto do furacão, mas ele percebeu que isso não seria possível após dois dias de tormenta no mar.
O veleiro canadense HMS Bounty, réplica de um famoso barco do século XVIII, ficou à mercê das águas turbulentas 144 km a sudeste de Hatteras, Carolina do Norte. O barco se encontrava a aproximadamente 257 km a oeste do olho do furacão Sandy.
Os tripulantes abandonaram a embarcação à deriva ao passar pelo trajeto do furacão Sandy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.